Curso de Automação Agrícola

Antes todos os olhos da pesquisa eram voltados para a Industria de manufatura, novas tecnologias, pesquisas e estudos, sempre com investimento financeiro e temporal aplicado em automação industrial, hoje a agricultura brasileira vem apresentando, nas últimas décadas, ganhos de produtividade que impressionaram ao mundo. Ao mesmo tempo em que o potencial posiciona o País com destaque no cenário internacional, aumentam-se as responsabilidades econômicas, ambientais e sociais.

Uma economia eficiente tem que possibilitar um desenvolvimento humano digno, tem que agregar uma economia ecológica para proporcionar um uso racional dos recursos, minimizando atividades poluidoras comum ao crescimento econômico e uma qualidade de vida. Este equilíbrio é uma barreira a ser quebrada nos dias de hoje para um futuro econômico sustentável.

O impacto ambiental derivado de atividades antrópicas é um atraso econômico, exaurindo recursos naturais, poluindo o meio ambiente e ao mesmo tempo deixando um passivo ambiental para as próximas gerações. A mitigação ou compensação do impacto ambiental é necessária, logo deve ser produzida técnicas que possibilitem uma melhoria na produção agrícola com mínimos prejuízos pro meio ambiente impactado.

Para avançar e acompanhar a demanda atual é necessário que o País aumente significativamente a produção agrícola sobrepujando as tendências de mercado econômico que forma um paradoxo entre o aumento da produção porém com uma redução da massa trabalhadora, e isso só é possível com a automação que através desta tecnologia podemos ter um monitoramento do processo produtivo e disponibilização de dados para rastreamento do produto final e aplicação em softwares para projeção de produções futuras.

Nesse sentido, se desenhou este curso básico em automação agrícola para fomentar novas tecnologias e difundir os conhecimentos da automação e agricultura de precisão que aperfeiçoem e tornem o processo de produção no campo mais eficiente aumentando o desempenho tanto qualitativo como quantitativo de forma expressiva.

Este curso visa a construção de conhecimentos e formação de competências que promoverão a mudança de mentalidade sobre automação agrícola e instigará o conceito maker para desenvolver protótipos a partir do estudo de módulos e sensores associados a produção agrícola.

Ao final do curso o aluno deverá ter concluído um protótipo funcional de monitoramento de umidade do solo, ambiente, temperatura, sensor de chuva e sol, registros de PH do solo, monitoramento para irrigação automática e programada por horários, também terá uma coberta para evitar o sol quando necessário sombra utilizando um motor.

Este curso de Automação Agrícola irá lhe capacitar a desenvolver projetos para controle de estufas, irrigação e monitoramento das condições ambiental onde parâmetros mais importantes a serem controlados para obter o melhor clima em uma estufa, por exemplo, são: temperatura e umidade relativa e dióxido de carbono (CO2). A temperatura é o parâmetro de controle mais importante em uma estufa, pois exerce função essencial no crescimento e desenvolvimento das plantas. Logo na prática abaixo iremos ensinar a programar um Arduino com o módulo Sensor DHT11.

O sensor de Umidade e Temperatura de modelo DHT11 é um sensor que permite fazer leituras de temperaturas entre 0 a 50 Celsius e umidade entre 20 a 90%, muito usado para projetos com Arduino e sua aplicação é muito fácil quando programado com a biblioteca dht.h que você baixa no link a seguir: Baixe aqui sua Biblioteca DHT.

O elemento sensor de temperatura é um termistor do tipo NTC* (do inglês Negative Temperature Coefficient), termistores cujo coeficiente de variação de resistência com a temperatura é negativo: a resistência diminui com o aumento da temperatura,.e o sensor de Umidade é do tipo HR202, o circuito interno faz a leitura dos sensores e se comunica a um microcontrolador através de um sinal serial de uma via.

CLICK AQUI PARA O MATERIAL COMPLETO

OBS.: Você precisará de seu código de acesso ao Classroom, caso ainda não tenha solicite ao seu professor no seu grupo de WhatsApp.

Lista de material

  • Arduino UNO
  • Display LCD
  • Buzzer
  • Display 7Seg
  • Sensor de Gas CO2
  • Sensor de Chuva
  • Sensor de Temperatura e Umidade do Ar
  • Sensor de Luminosidade LDR
  • Sensor de Umidade do Solo
  • LED's
  • Resistor
  • Potenciômetro
  • Chave On-Off
  • Push Button
  • Módulo RTC
  • Módulo I2C
  • Jumper
  • Conector Macho
  • Protoboard 400 furos
  • Placa de Fenolite perfurada 20x20
  • Barra de Pinos femea
  • Barra de Pinos macho
  • Conector Fêmea
  • Módulo Relé 4 canais
  • Bomba 5V Submersa
  • Módulo Ponte H
  • Cooler
  • Fonte 12v/3A
  • Mangueira
  • Fios
  • Estrutura
  • Prego
  • Parafuso
  • Bombril
  • Motor CC
  • Vasilha para água
  • Arame
  • Barbante
  • Linha Nylon

Ferramentas usadas:

  • Alicate de Corte
  • Alicate de bico
  • Alicate 220V
  • Ferro de Solda
  • Multimetro
  • Chave Philips
  • Chave Fenda
  • Sugador de solda
  • Estanho